Controle de Fronteiras no Brasil

Rafael França mescla uma longa experiência de campo com uma também extensa busca pela qualificação de suas reflexões, realizando o percurso interdisciplinar intrínseco aos Estudos Fronteiriços. Assim, invocou elementos teóricos internacionais os mais atua

por
R$49,90
comprar

Sinopse

Em matéria de segurança pública, fica claro que esta não deve ser reforçada somente na fronteira terrestre, até porque os fluxos demonstram que enquanto houver demanda haverá entrada de produtos ilícitos.
Os gastos equivocados com a realização de operações permanentes e sazonais ao mesmo tempo, na verdade, indicam que o uso obtuso dos recursos públicos para ganhos eleitoreiros é comum a todos os governantes no Brasil. Por isso, segurança pública na faixa de fronteiras serve, sim, para a população e para as comunidades que lá residem.
São exatamente as falhas nas políticas públicas de segurança (e, também, nas políticas de segurança pública) nos grandes centros que acabam por provocar o aumento na criminalidade nas regiões fronteiriças. É lá que os grupos criminosos buscam os itens que comercializam, revendendo-os e lucrando.
É por isso que se pode dizer que a criminalidade não está na fronteira – ela usa a fronteira.

Sobre o autor:
RAFAEL FRANCISCO FRANÇA é delegado da Polícia Federal desde 2002. É graduado em Direito pela UFSM e especialista em Ciência Policial e Investigação, em Gestão da Segurança Pública na Sociedade Democrática, em Direito Penal e Processo Penal e em Ciências Penais. Mestre em Ciências Criminais pela PUC/RS e doutor em Estudos Estratégicos Internacionais pela UFRGS. 

ESPECIFICAÇÕES

  • Capa comum: 416 páginas
  • Editora: Estante Acadêmica; Edição: 1 (20 de novembro de 2018)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 854281309X
  • ISBN-13: 978-8542813098
  • Dimensões do produto: 22,8 x 15,8 x 2,4 cm
  • Peso de envio: 490 g