John Bunyan

John Bunyan (1628-1688) foi um pregador puritano batista, nascido na Inglaterra. Após sua dramática conversão, Bunyan dedicou-se à tarefa de pregar o Evangelho. Por não ser um ministro ordenado pela Igreja da Inglaterra, ele foi sucessivamente encarcerado por causa de sua atividade de pregação, tendo passado um total de 12 anos na prisão, quando escreveu a maioria de seus livros. Bunyan era um grande pregador e um exímio conhecedor das Escrituras – dizia -se sobre ele que, se fosse cortado, de seu sangue jorrariam versículos bíblicos, pois ele não conseguia falar sem citar um texto; seu coração estava cheio da Palavra de Deus. Dotado de uma imaginação vívida e poderosa, Bunyan era um escritor nato e incansável, tendo escrito cerca de 60 livros, entre eles: Abundante Graça para o chefe dos pecadores, A Guerra Santa, A vida e morte do senhor Badman, além de sua obra-prima, O peregrino – em duas partes, a primeira em 1678 e a segunda, A peregrina, em 1684 –, que se tornou o livro mais publicado do mundo, com exceção da Bíblia.

Tabela  Lista 

por página
Direção Descendente

Tabela  Lista 

por página
Direção Descendente